Antes e depois do lifting facial

Antes e depois do Lifting facial

O lifting facial, também chamado de ritidoplastia, está entre as cirurgias mais realizadas no Brasil, perdendo apenas para a lipoaspiração e para o implante de prótese nas mamas. O procedimento recupera a face da flacidez e da queda, características que deixam os tecidos moles e com sinais visíveis de envelhecimento.

Há alguns anos, a cirurgia plástica utilizava técnicas agressivas que causavam desconforto e dor aos pacientes. Com a medicina moderna e o aprimoramento das técnicas os procedimentos cirúrgicos passaram a ser menos invasivos, a recuperação mais rápida e os resultados mais naturais.

Vejamos o antes e depois do lifting facial e como ele ajuda no rejuvenescimento da pele.

Antes do lifting facial

No decorrer da vida a pele vai perdendo suas características de elasticidade, hidratação e vigor, contribuindo para o aparecimento de sinais de envelhecimento. Aliado a isso, a movimentação da musculatura cria rugas ao redor dos olhos, na testa e em outras regiões do rosto. E para quem se olha no espelho nem sempre a imagem refletida gera satisfação.

O objetivo do lifting facial é o reposicionamento dos tecidos abaixo da pele, removendo os excessos e obtendo uma face harmoniosa de acordo com a idade, sem as imperfeições ocasionadas pelo envelhecimento, como vincos e rugas.

O lifting facial também pode ser feito para corrigir flacidez de pescoço e recuperar o contorno mandibular.

Antes da cirurgia recomenda-se:

  • suspender o consumo de bebida alcoólica e cigarro, bem como qualquer outro tipo de droga, mantendo a restrição, no mínimo, por três semanas após a cirurgia;
  • parar de tomar anti-inflamatórios, medicamentos à base de ácidoacetilsalicílico, medicações com efeito anticoagulante, remédios ou dietas para emagrecer.

O cirurgião plástico especialista será responsável por todas as recomendações que deverão ser seguidas antes do procedimento. Apenas o médico poderá suspender o que de fato não deve ser utilizado no período pré-operatório.

Depois do lifting facial

O lifting facial consiste numa pequena incisão que desloca a pele, reposicionando-a e fixando os tecidos profundos que eventualmente não estão na sua posição original, removendo, assim, o excesso.

As cicatrizes do lifting facial não ficam visíveis e são posicionadas de forma a não serem percebidas, geralmente debaixo do cabelo. Normalmente é necessário um dia de internação.

Durante um ou dois dias é utilizada uma bandagem em volta da face para minimizar os hematomas e inchaços, comuns neste tipo de procedimento. Em geral, os três primeiros dias devem ser de repouso. Uma alimentação balanceada ajuda no processo de recuperação.

Entre alguns cuidados pós-operatórios se destacam:

  • evitar exposição ao sol por um período de 90 dias após a cirurgia;
  • manter uma alimentação saudável;
  • evitar molhar o curativo do couro cabeludo por 24 horas;
  • evitar o uso de qualquer medicamento que tenha em sua base ácidoacetil-salicílico (AAS, Aspirina, Doril, etc) ou qualquer outro com efeito anticoagulante ou vaso dilatador pelo prazo de, pelo menos, 15 dias após a cirurgia;
  • tinturas de cabelo apenas poderão ser retomadas após 30 dias da operação;
  • seguir rigorosamente às recomendações médicas;
  • utilizar óculos escuros e lenço no couro cabeludo nas primeiras semanas (se desejar).

Vale destacar que com o lifting facial não significa que o processo de envelhecimento terminou, mas que o procedimento ajudou a minimizar os sinais visíveis em decorrência da idade.

Compartilhe nosso post nas suas redes sociais!