Cirurgia de face deixa cicatrizes? Nós damos a resposta neste artigo!

cicatriz facial

Uma das grandes preocupações de quem pretende fazer uma cirurgia plástica facial é saber se o procedimento deixa alguma marca ou cicatriz. Afinal de contas, todo mundo sabe que as cirurgias plásticas são métodos invasivos e que o corte, por si só, pode deixar cicatrizes. Então a pergunta é: cirurgia de face deixa cicatrizes?

A resposta mais simples para essa pergunta é que as cicatrizes podem existir, mas estão cada vez menores e menos visíveis nos últimos tempos. O avanço das técnicas e dos equipamentos utilizados, aliados a aspectos comportamentais, possibilitam resultados cada vez melhores nos procedimentos cirúrgicos faciais.

Em relação à evolução da cirurgia plástica, o uso de vídeos, de garras de sustentação bio absorvíveis e colas de fibrina minimizam hematomas, edemas e, consequentemente, também as cicatrizes.

Em alguns tipos de procedimentos, como as rinoplastias, ou cirurgias de nariz, é possível utilizar uma técnica fechada, através das narinas, que não deixa cicatrizes externas. Em algumas clínicas, essa técnica já é responsável por mais de 80% das rinoplastias realizadas.

Outro fator que tem permitido menores cicatrizes nas cirurgias faciais está mais relacionado com o comportamento do que com a questão técnica. A verdade é que as mulheres estão se submetendo a procedimentos corretivos faciais cada vez mais cedo. Com isso, a quantidade de pele ou gordura a ser removida é bem menor, o que também possibilita menores incisões.

No último mês de junho de 2018, o Portal Uol trouxe uma matéria mostrando famosas que se submetem a cirurgias plásticas cada vez mais novas. As cantoras Cléo Pires, Kelly Key e Ludmilla são exemplos de mulheres que se submeteram a procedimentos corretivos com idades entre 20 e 30 e poucos anos.

O motivo é que a cirurgia plástica não é utilizada mais apenas para corrigir problemas de idade, mas também para reduzir ou remover imperfeições ou incômodos que prejudicam a auto estima. Kelly Key que tem 35 anos é um exemplo: “Fiz uma rinoplastia, uma lipo e um implante de silicone de uma vez só. Achei que estava precisando. Praticamente não tive cicatriz no rosto”, contou à reportagem do UOL.

Dessa forma, podemos afirmar que a preocupação das mulheres com as cicatrizes faciais pós cirúrgicas tem cada vez menos motivo para existir. É lógico que seguir as recomendações médicas pré e pós cirurgia é outro fator que contribui muito para resultados ainda melhores.

Por último, nunca é demais ressaltar a importância da habilidade e da experiência do cirurgião para o sucesso no procedimento. Antes de escolher um cirurgião é sempre válido consultar amigos e até mesmo checar comentários na internet.

Em São Paulo e São José dos Campos, a Clínica Dr. Juan Sánchez é uma das mais conceituadas e conta com profissionais altamente especializados e equipamentos de ponta para a realização de inúmeros procedimentos cirúrgicos faciais, entre eles a otoplastia, o lifting, a blefaroplastia, a rinoplastia, entre outros

A clínica possui endereços na Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, 105, em São Paulo e a na Rua Santa Clara, 1035, em São José dos Campos. Para mais informações: www.drjuan.com.br.