Conheça a Bioplastia, a cirurgia plástica sem bisturi!

rejuvenescimento-facial-02

Um procedimento estético ou cirúrgico que vem ganhando cada vez mais adeptos, mas também gerando muita polêmica, é a chamada Bioplastia. Por apresentar resultados rápidos e satisfatórios, com um custo-benefício atraente, a Bioplastia tem se tornado um procedimento cada vez mais comum nos consultórios médicos e até mesmo em clínicas de estética.

Mas apesar de tanto sucesso, a Bioplastia também ganhou as manchetes de jornais por conta de problemas decorrentes do procedimento. O caso que mais repercutiu foi o da modelo Vanessa Urach, que em 2014 foi internada em estado grave por conta da Bioplastia.

O procedimento é usado para preenchimento e modelagem da face ou outras partes do corpo. Corrigir formas da face, preencher rugas, ou mesmo diminuir a flacidez facial. Por sua versatilidade, pode ser usada nos lábios, nariz, queixo, maçã do rosto e pálpebras.

Para fazer o preenchimento, são utilizados atualmente materiais absorvíveis com aplicações minimamente invasivas. Por conta disso, a Bioplastia já vem sendo chamada atualmente de cirurgia plástica sem bisturi.

Mas o problema com o procedimento ocorre justamente na hora de escolher o material a ser utilizado no preenchimento. Os materiais mais comuns são o ácido hialurônico e o PMMA (polimetilmetacrilato). O segundo já é utilizado desde a década de 1950. O problema é que a qualidade desse produto pode variar bastante no mercado.

Além disso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária não indica a aplicação do PMMA em grandes quantidades, o que geralmente não é respeitado por algumas clínicas, principalmente em procedimentos de preenchimento de glúteos ou quadril.

Já o ácido hialurônico é um material mais seguro, mas que pode custar até mais do que o dobro do PMMA. Em razão disso, o ácido é usado nas boas clínicas cirúrgicas, enquanto o PMMA tem sido utilizado até mesmo em clínicas de estética e sem a presença de um médico.

Em caso de complicação, as micro esferas do PMMA podem se espalhar pelo tecido após a aplicação, provocando nódulos e deformidades. Nesses casos, há necessidade de uma cirurgia para a retirada do material, o que pode deixar sequelas irreversíveis no local. Outros riscos são as infecções e as reações alérgicas. Em alguns casos, os problemas podem surgir até mesmo anos depois do procedimento.

Dessa forma, é preciso ter em mente que ao se decidir pelo procedimento da Bioplastia, o paciente deve ficar atento a alguns detalhes para evitar riscos desnecessários. Feita de forma adequada, a Bioplastia é solução bastante segura e eficaz para diversas situações.

Portanto, a primeiro cuidado é escolher uma clínica idônea e profissionais experientes. Sempre dê preferência a realizar o procedimento com um médico especializado em cirurgia plástica. Em São Paulo e São José dos Campos, a Clínica Dr. Juan Sánchez é uma das mais conceituadas e conta com profissionais altamente especializados e equipamentos de ponta para a realização de inúmeros procedimentos cirúrgicos faciais, entre eles a Bioplastia.

A clínica possui endereços na Avenida Engenheiro Luiz Carlos Berrini, 105, em São Paulo e a na Rua Santa Clara, 1035, em São José dos Campos. Para mais informações: www.drjuan.com.br.