Mastopexia ajuda a remodelar a mama e reposicionar a aréola

Mastopexia para o remodelamento da mama

Devido ao envelhecimento ou a própria tendência genética, é comum mulheres se depararem com seios flácidos ou caídos. Outros fatores como sedentarismo, mudanças constantes de peso e tabagismo podem acentuar ainda mais a queda dos mesmos.

A mastopexia é um procedimento cirúrgico que consiste em remodelar a mama e reposicionar a aréola, elevando as mamas até sua posição original, garantindo a simetria entre elas. Em geral, a mastopexia é indicada para mulheres que apresentam flacidez e queda das mamas em decorrência da função do envelhecimento, amamentação ou oscilações de peso corporal.

Lifting de mama e mamoplastia são sinônimos de mastopexia. Vejamos alguns detalhes importantes sobre esta cirurgia plástica. Fique atento!

Mastopexia: o que você precisa saber

Fatores hormonais, amamentação, gravidez, hereditariedade e variações de peso aceleram o enfraquecimento da pele pela perda do colágeno, o que acaba levando a flacidez da pele e associado a lei da gravidade, faz com que as mamas acabem caindo e perdendo a simetria. Além disso, a aréola acaba se posicionando abaixo do ponto médio do braço e/ou abaixo do sulco mamário, mesmo a mama sendo pequena ou não.

A mastopexia é um procedimento que reposiciona a aréola em uma posição mais alta e remodela o tecido mamário, conferindo um formato mais agradável e harmônico. A cirurgia também pode utilizar uma prótese de silicone, a fim de dar mais volume e preencher a parte superior da mama (colo).

Quais as indicações para quem deseja fazer a mastopexia

A mastopexia é indicada para mulheres que desejam elevar a autoestima e melhorar o contorno corporal. Em geral, recomenda-se que pacientes estejam:

  • Fisicamente saudáveis e mantenham um peso corporal estável;
  • Evitem o tabagismo;
  • Evitem bebidas alcoólicas.

O sucesso e a segurança durante todas as etapas do procedimento de mastopexia dependem muito da qualidade de vida da mulher. O médico-cirurgião plástico levará em consideração durante a consulta fatores sobre o estilo de vida, exames de saúde periódicos e outros requisitos que qualifiquem a necessidade de realização da mastopexia.

Mamoplastia versus mastopexia

Enquanto a mamoplastia tem como objetivo reduzir o tamanho e o volume das mamas, a mastopexia visa levantar e aumentar a projeção das mamas. Desta forma, seios grandes, caídos e pesados, que geram dores e desconforto, estão propensos à mamoplastia redutora. Já seios flácidos e caídos, porém pequenos são candidatos à mastopexia, uma vez que são retirados o excesso de pele e reposicionado os tecidos, associa-se ou não à inclusão de implantes de silicone.

Nosso post foi útil? Deixe seu comentário nos campos abaixo. Esperamos sua contribuição!