Mitos e verdades sobre a Lipoaspiração

Mitos e Verdades sobre a cirurgia de Lipoaspiração

A Lipoaspiração é um dos procedimentos de cirurgia plástica mais realizados no Brasil e consiste na remoção das células de gordura através de uma cânula aspiradora. Confira abaixo alguns mitos, verdades e dúvidas mais frequentes sobre a lipoaspiração.

Após o procedimento, a região onde se fez a lipo não engorda mais.

Mito. A lipoaspiração modela o corpo, retirando as células de gordura, mas não emagrece. Essas células não se regeneram, logo, uma vez retiradas não voltarão mais, porém as células restantes podem aumentar de volume, ocupando os espaços que anteriormente eram das primeiras, engordando a pessoa.

Logo, se não houver uma dieta equilibrada com a prática de exercícios físicos, essas áreas podem voltar a engordar. O que acontece é que geralmente as áreas modeladas pela lipoaspiração demoram mais a engordar do que outras partes do corpo.

A lipoaspiração é a única forma de retirar uma gordura localizada.

Verdade. Mesmo com todas as técnicas de dietas, massagens e atividades físicas, existem determinadas gorduras localizadas que não saem do corpo. Nessa situação, a lipoaspiração é a solução.

Pode-se retirar a quantidade de gordura que quiser

Mito. Existe um limite para a lipoaspiração. Esse limite não pode ultrapassar 40% da superfície corporal total e fica entre 5 e 7% do peso do paciente. O momento ideal para se fazer uma lipoaspiração é quando a pessoa estiver em seu peso ideal.

A Lipoaspiração deixa marcas.

Mito. Com exceção de cicatrizes muito pequenas e escondidas (cerca de 2 a 4mm de comprimento), a lipoaspiração não deixa marcas no corpo.

Todas as manchas e inchaços pós cirúrgicos desaparecem com o tempo, podendo deixar marcas apenas se o paciente não tiver os cuidados pós-operatório para evitar manchas provenientes do sol e outras complicações.

Existe limite de idade.

Parcialmente correto. Não existe um limite formal de idade, variando exclusivamente da saúde do paciente em questão.

Há uma referência mínima de 18 anos, em que cirurgias de lipoaspiração em adolescentes devem ser feitas apenas sob indicação muito criteriosa.

A lipoaspiração pode ser realizada junto a outras cirurgias

Verdade. É possível realizar vários procedimentos em uma mesma cirurgia, em que a lipoaspiração é mais um deles, como por exemplo, redução da mama com lipoaspiração.

Porém, nesses casos, o monitoramento deve ser muito mais criterioso, a recuperação mais cuidadosa e demorada, porém, com a vantagem de que a pessoa passará apenas por um período pós-operatório, e não vários.