Quais os riscos da cirurgia da rinoplastia (cirurgia do nariz)

riscos-da-rinoplastia

A rinoplastia ou cirurgia do nariz é um procedimento muito comum e bastante procurado nas últimas décadas. Porém, como todo procedimento cirúrgico, possui riscos.

A melhor forma de diminuir os riscos e complicações devido a uma cirurgia plástica é realizar o procedimento numa clínica ou hospital, com um cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica como o caso do Dr. Juan Sánchez.

Rinoplastia – o que você deve estar ciente sobre o procedimento

Inicialmente, tenha certeza de que uma cirurgia de rinoplastia é rápida, simples e indolor. Mas há, sim, algumas coisas nas quais o paciente precisa estar ciente antes de se submeter a esse procedimento estético. São eles:

Sangramento

O sangramento na rinoplastia é bastante raro, e quando ocorre, é simples de ser resolvido. Não é grave e não exige nenhum tratamento em adição ao que já está sendo realizado.

Cicatrizes

Todo procedimento cirúrgico deixa cicatrizes. A rinoplastia também poderá deixar uma cicatriz, mas não será perceptível, pois estará na parte interna do nariz e não ficará visível a olho nu.

Ela poderá ficar situada na base do nariz ou em outros lugares onde tenha sido realizada uma incisão.

Aderências

A aderência é uma cicatriz que fica localizada na área do septo. É bastante rara de aparecer, mas quando aparece, é feito outro procedimento para removê-la. Ela não afeta a parte respiratória.

Infecções

Em toda cirurgia há riscos de infecções. Por isso, é muito importante que o ambiente e os equipamentos estejam devidamente.

Raramente uma cirurgia estética de rinoplastia gera complicações. É preciso uma preparação conveniente do paciente para o ato operatório.

Todos esses problemas podem ser resolvidos ou minimizados se escolher uma clínica ou um médico adequado e qualificado.

Dessa forma, tenha certeza de que sua cirurgia transcorrerá perfeitamente. Mas, mesmo assim, esses possíveis riscos devem ser discutidos com seu médico.