Você sabe o que é a Abdominoplastia?

Ter uma musculatura abdominal bem definida é o sonho de muita gente quando falamos em estética corporal. Com a proximidade do verão, a questão fica ainda mais em evidência.

O termo – abdominoplastia –, consiste na cirurgia da parede abdominal para a correção funcional, estética e da flacidez de pele. Ou seja, é excelente forma de dar a tão sonhada boa aparência à região do abdome.

O procedimento consiste em plicatura (fechamento) da musculatura abdominal, com a retirada do excesso de pele do umbigo para baixo, confecção de um novo umbigo e cicatriz em semi-lua na área inguinal.

Mas vamos deixar algo bem claro, antes de seguir falando deste procedimento: a abdominoplastia não deve ser considerada como tratamento de obesidade, ou substituto de dietas e exercícios físicos, mas como complemento importante para reestruturação da função do músculo abdominal e flacidez de pele.

Se houver excesso de gordura, uma lipoaspiração deve ser associada, geralmente em um segundo tempo (seis meses após), para não haver interferência de um procedimento no outro (se for retirada muita pele na abdominoplastia, não poderá ser retirada muita gordura na lipo, para evitar necrose tecidual e vice-versa).

Com o cirurgião plástico, Dr. Juan Sánchez, é utilizado o mais moderno sistema de fechamento da pele, o PRINEO, que consiste em uma tela autoadesiva de poliéster (leia mais a seguir).

MAIS SOBRE A ABDOMINOPLASTIA

O sistema de fechamento da pele, PRINEO, usado pelo especialista Juan Sánchez, promove proteção antibacteriana sobre a linha de incisão, além de gerar maior segurança no fechamento da pele, ótimos resultados estéticos e ainda permite que o paciente molhe a incisão após o primeiro curativo.

Neste procedimento, a anestesia usada é a peridural com sedação. Sobre o pós-operatório, a alta hospitalar ocorre no dia seguinte.

A paciente sairá da cirurgia com dreno, que será retirado em dois dias (no primeiro curativo). Com o uso do PRINEO, a paciente é liberada para banho após o primeiro curativo, já no segundo dia, sem necessidade de troca do mesmo.

ALGUNS CUIDADOS IMPORTANTES

Os curativos pós-cirurgia de abdominoplastia são feitos de cinco em cinco dias, para troca do micropore e revisão da incisão cirúrgica.

A deambulação (termo que significa andar, passear) é normal, com leve relaxamento dos ombros. Há necessidade de um descanso de aproximadamente três semanas, com restrição de atividades e esforços físicos.

Faz-se uma drenagem, se necessário (a critério médico), após o quinto dia, com aproximadamente cinco sessões. Após a terceira semana, são utilizados o gel de silicone e a fita para melhora da qualidade da cicatriz, que pode variar por um período de três a 12 meses, dependendo do processo de cicatrização de cada paciente.

A cicatriz resultante dependerá, fundamentalmente, da qualidade da cicatrização de cada paciente.

RESULTADOS ALCANÇADOS

Logo após a realização da abdominoplastia, o paciente já pode perceber os novos contornos da região operada. É natural que aconteça um inchaço neste período, portanto, são tomados todos os cuidados necessários para uma recuperação tranquila, sem complicações (como destacado acima).

O resultado definitivo, em que o paciente já apresenta a completa cicatrização, chamada de fase de involução, acontece entre o oitavo e o décimo segundo mês após a realização do procedimento.

O maior risco de complicação relacionado à abdominoplastia é de retalho abdominal, que ocorre na pele do abdome e compromete o resultado final, pois ocorre necrose do tecido.

A realização da cirurgia deve ser feita por profissional experiente, para evitar outros riscos.