Você sabe o que é contratura capsular da prótese mamária?

Mastopexia com prótese

Contratura capsular da prótese mamária. O nome pode parecer estranho, mas essa complicação é uma das mais comuns de ocorrer após a colocação de próteses mamárias de silicone. Neste breve artigo, vamos mostrar como identificar o problema e quais os sintomas e soluções.

Primeiramente, vamos definir o que é contratura capsular: após a colocação da prótese de silicone, o organismo tem como mecanismo de defesa, pela implantação de um corpo estranho, criar uma película em torno do implante. O objetivo é isolar o implante dos demais tecidos do organismo. Isso poder ocorrer não somente em casos de implante de próteses mamárias, mas com qualquer outro tipo de implante.

Em condições normais, esse processo é até benéfico, pois ajuda a fixar a prótese, mantendo-a mais firme. O problema acontece quando o organismo cria uma proteção exagerada, criando uma película muito espessa ou rígida, o que pode provocar dores na mama. É a isso que chamamos de encapsulamento da prótese.

Atualmente, a cirurgia plástica reconhece quatro tipos de contraturas, determinados de acordo com os sintomas e os exames clínicos realizados. Os quatro tipos são:

Contratura capsular Baker I: pacientes sem sintomas locais ou alterações clínicas, como deslocamentos ou assimetrias.

Baker II: Ocorrem pequenos incômodos e o implante é sentido na palpação.

Baker III: A mama fica mais dura. O implante pode ser visto e sentido na palpação. Além disso há assimetria entre as mamas

Baker IV: Nesse caso, há todos os sinais do item III, acrescidos de dor e assimetria severa.

Dessa forma, o procedimento para corrigir a contratura capsular vai depender do diagnóstico médico, de acordo com a escala Baker. Em alguns casos, procedimentos não invasivos como medicamentos e massagens podem corrigir o problema.

No entanto, nos casos mais graves, pode haver a necessidade de retirada da prótese juntamente com a película. Após a retirada, o médico faz a troca da prótese por uma nova. Nos casos nos quais há inflamação da mama, pode ser necessário aguardar de três a seis meses para um novo implante.

Para prevenir a ocorrência da contratura capsular é recomendado que se faça consultas periódicas ao médico para avaliar as condições do implante. Além disso, a escolha do cirurgião e da marca da prótese também são itens muito importantes a serem observados.

É preciso ressaltar que algumas marcas oferecem garantia da prótese, promovendo a troca por uma nova, sempre que algum problema comprometa os resultados finais. Além disso, próteses mais modernas oferecem índices bastante baixos de complicação, o que com certeza fazendo valer seu custo.